15 de Abril – DICAS DE PORTUGUÊS

Travessões, parênteses, sujeito e vírgula
Por Paulo Ramos
Indo direto ao ponto: não há vírgula entre sujeito e verbo.
Em frases menores, esse caso é relativamente simples de ser identificado.
Mas a situação muda quando há parênteses ou travessões entre o núcleo do sujeito e o verbo.
Isso tende a nublar o uso da vírgula.
Os exemplos a seguir são todos da edição de hoje do jornal “Folha de S.Paulo”, mas servem também para a realidade do UOL:
– O relator Leonardo Picciani (PMDB-RJ), quer acabar com o “trancamento” da pauta
– O relator Leonardo Picciani (PMDB-RJ) quer acabar com o “trancamento” da pauta
– Os sistemas mais populares -Symbian, Windows Mobile, Linux e, ainda neste ano, Android, desenvolvido com incentivo do Google e parceiros-, brigam por mercado e ainda há um grande vencedor
– Os sistemas mais populares -Symbian, Windows Mobile, Linux e, ainda neste ano, Android, desenvolvido com incentivo do Google e parceiros- brigam por mercado e ainda há um grande vencedor
– Dois dos principais secretários do PSDB -o de Governo, Clóvis Carvalho, e o das Subprefeituras, Andrea Matarazzo-, perdem a prerrogativa de nomear dezenas de cargos
– Dois dos principais secretários do PSDB -o de Governo, Clóvis Carvalho, e o das Subprefeituras, Andrea Matarazzo- perdem a prerrogativa de nomear dezenas de cargos
– Ao ameaçar com sua renúncia, o dalai-lama também admitiu que sua proposta de “meio caminho” -renunciar à independência do Tibete em troca de mais autonomia-, não teve nenhum resultado concreto
– Ao ameaçar com sua renúncia, o dalai-lama também admitiu que sua proposta de “meio caminho” -renunciar à independência do Tibete em troca de mais autonomia- não teve nenhum resultado concreto
A sugestão é fazer frases mais curtas sempre que possível.
Isso torna a leitura mais clara e contorna muitos dos problemas de vírgula.
Se não for possível, o jeito é redobrar a atenção na hora da escrita.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: