06 de Maio – ESPAÇO MULHER II

Anticoncepcional: agente do mal
De acordo com o ginecologista Hugo Maia Filho, diretor do Centro de Estudo e Pesquisa da Reprodução Humana (CEPARH/ BA), a retenção de líquido é proporcional à dosagem hormonal do medicamento, que nas pílulas modernas é bem baixa. Para se ter uma idéia, os comprimidos da primeira geração continham algo em torno de 80 microgramas de estrogênio por dose, hoje essa quantidade é de no máximo 15.
Como evitar – Informe-se com o seu ginecologista se a pílula que está tomando é do tipo mais antigo, ou seja, com alta dosagem hormonal. Se for o caso, veja a possibilidade de mudar.
“Algumas das mais modernas vêm inclusive com um pouco de substância diurética, justamente para evitar o inchaço”, lembra Adriana Moretti. Mas é importante ressaltar que só um especialista no assunto pode fazer a recomendação mais adequada, por isso vale a pena questionar o seu médico.
Chá de cadeira: é tiro e queda
Essa é uma das causas mais comuns de inchaço dos membros inferiores, como explica a fisioterapeuta Luciana Segantin Cardoso, do SPA e Clínica Estética Barber Beauty (BA): “As contrações do músculo da panturrilha são responsáveis pelo retorno dos líquidos do corpo para o tronco. Se ele não bombeia direito, ao longo do dia acaba provocando uma pressão na região que facilita o edema”.
Como evitar – Durante o dia, levante-se pelo menos a cada meia hora e dê uma voltinha por alguns minutos – andar ajuda na circulação. Alem disso, é importante manter a coluna reta, ingerir bastante líquido para garantir o melhor funcionamento dos rins e até fazer uma massagem nos pés de vez em quando.
“Coloque um dos pés sobre a coxa da outra perna e faça uma massagem, movimentando-o para frente e para trás e fazendo voltas”, ensina Luciana.
De pé muito tempo: sem salvação
Como não podia deixar de ser, esse motivo tem relação direta com a força da gravidade. “O que acontece com pessoas que passam horas de pé é que os líquidos corporais, que circulam através do sangue e da linfa, descem para as extremidades das pernas e, se o retorno ao tronco não for adequado, não conseguem subir. O resultado será inchaço nas pernas, nos tornozelos e a sensação de peso”, diz Adriana.
Como evitar – O ideal é mudar de posição – sentar-se ou caminhar de vez em quando tem um ótimo resultado. Se isso não for possível, use e abuse das meias de compressão – elas exercem uma pressão sobre as pernas que auxilia no bombeamento muscular, possibilitando uma melhor circulação sanguínea.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: