08 de Maio – KLB E IBAMA: TOMARAM MEU PAPAGAIO

KLB pede ao Ibama que devolva casal de papagaios apreendido
O pai e empresário dos integrantes do grupo de música KLB, Francesco Scornavacca, encaminhou ao chefe do Departamento de Proteção Ambiental (DPA), do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis) em São Paulo, Luis Antonio Gonçalves de Lima, um pedido para que o casal de papagaios da família apreendido pelo órgão seja devolvido. A Folha Online teve acesso ao documento.
As aves, da espécie Amazona aestiva, estavam com a família Scornavaca havia mais de 20 anos, segundo alega o pai de Kiko, Leandro e Bruno.
O casal de papagaios foi apreendido no dia 19 de março, pelo analista ambiental Carlos Daniel Gomes Toni, porque não tinha registro junto ao Ibama. A apreensão foi feita após denúncia recebida pelo Ibama da Polícia Federal, que fez ação de busca e apreensão na casa dos Scornavacca e viu as aves no local.
No pedido apresentado ao DPA, o pai diz que “tal foi o prejuízo causado à família, que até mesmo alguns shows do grupo musical estão sendo cancelados, diante do inescusável abatimento moral de seus integrantes, que, após muitos anos de convívio, foram tolhidos do contato diário de seus estimados papagaios, membros da família Scornavacca há longos anos.”
O pai dos integrantes do KLB ainda alega, no documento, que as leis ambientais atuais, pelas quais foi autuado, não haviam sido promulgadas quando a família adquiriu os papagaios.
O pedido ainda diz que a família Scornavacca está disposta a pagar R$ 500 de multa para cada ave, para tê-las de volta e diz que os animais não mais estão aptos a serem devolvidos à natureza, já que estão com a família desde que nasceram.
Ibama não vai devolver
Procurado pela Folha Online, o Ibama afirmou que a apreensão dos papagaios é irreversível e que, portanto, eles não serão devolvidos à família Scornavacca. O órgão informou ainda que a família já quitou a multa de R$ 1.000 e que as aves foram encaminhadas para o Parque Ecológico do Tietê, na região leste de São Paulo.
O Ibama disse que as aves estão sendo devidamente tratadas e que podem ser devolvidas em breve à natureza, caso os biólogos aprovem a decisão. “Eles [os papagaios] não voltarão mais para a família, por mais que ela sinta falta”, disse o órgão, através de sua assessoria.

Kiko, Leandro e Bruno, irmãos do trio musical KLB, estão tão tristes que até cancelaram shows, diz documento; Ibama afirmou que não vai devolver casal de papagaios, por mais que a família sinta falta das aves silvestres

Anúncios

4 Respostas to “08 de Maio – KLB E IBAMA: TOMARAM MEU PAPAGAIO”

  1. Jamile da Hora Says:

    Que injustiça com meus três fofuxos, nós fãs do KLB sabemos que os meninos criam os papagaios desde quando pequenos, existem fotos que comprovam isso em revistas entre outros, alem do mais o que há demais em criar um papagaio onde o mesmo estava sendo bem cuidado ?
    Existem pessoas que traficam animais e passam despercebidas pelo IBAMA, nossa mata atlantica esta sendo cada dia mais devastada e nenhuma posição é tomada.
    A pergunta que não quer calar… Será possivel um animal que conviveu com seres humanos durante 20 anos acostumado com carinhos, se readapte a natureza ? Garanto que não. O mais provavel que ira acontecer é que os mesmos se colocados em natureza novamente serão predados por outros animais e se ficarem em um zoo morreram de saudades.

    Por favor galera do IBAMA devolvam os papagaios a família Scornavacca.

  2. tatiana Says:

    o ibama deveria se preocupar com os animais que estao nas feiras e beiras de estrada sendo vendidos e maltratados, com a amazonia que a cada dia está sendo devastada e muitas vezes com o a “autorização” de “órgaos competentes”, do que com pessoas que realmente amam os animais, que não são como muitos que passam em concursos e sentam em cadeiras pelo emprego garantido e não por amor incondicional aos animais.
    acho isso um absurdo.
    não concordo com quem compra um animal ilegal, mas nesse caso, que eles ganharam os animais a tantos anos, os mais prejudicados serão os papagaios…
    por que não autorizar as pessoas que já tem animais como neste caso? o ibama poderia ter uma forma de acompanhamento, onde o proprietario dos animais teria que prestar contas, ou seja, de tempo em tempo fiscalizar onde o animal vive e em que condições; mas p/ isso o ibama precisaria de infra estrutura e isso é muuuuuito mais complicado (aqui no brasil) do que eles pegarem os animais e colocarem num desses parques onde os animais continuam presos e sendo tratados apenas como mais um.

  3. sueli Says:

    Os meus papagaios também foram retirados da minha casa, dias depois, acho muito injusto tudo isso, principalmente quando, o que você mais vê as informações contraditórias, os pássaros estavam muito bem tratados, inclusive fazendo tratamento por causa de uma gripe.
    Os órgãos de comunicação veiculam direto sobre os desmatamentos, as queimadas, as próprias propinas ou funcionários envolvidos.
    Acho que nessas situações a lei deveria amparar os donos, através de um cadastro dos animais, principalmente os mais antigos; e não tirar dos donos, em muitos casos, como o meu a família está sentindo muito a falta dos animais, os nossos danos emocionais não interessa???

  4. carlinha Says:

    Poxa isso e uma injustiça tanto com a pessoa que cria, quanto ao animal que ja esta acostumado com o dono!!!!!!!!!!!
    espero que esses animais do ibama mudem de ideia!!!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: