19 de Maio – MORRE A ESCRITORA ZÉLIA GATTAI

Termina velório de Zélia Gattai em Salvador
O corpo da escritora Zélia Gattai, que morreu às 16h30 deste sábado (17), aos 91 anos, em Salvador, foi velado no cemitério Jardim da Saudade. Segundo a Folha Online, a cremação está marcada para esta segunda-feira (19), em cerimônia reservada apenas para familiares e amigos – até lá, o corpo fica em uma câmara fria (geladeira). Nesta quarta-feira (21), as cinzas devem ser entregues à família.

João Jorge Amado e Paloma Amado velam o corpo da mãe no cemitério Jardim da Saudade, em Salvador
Além dos filhos João Jorge e Paloma, e os netos João Jorge Filho, Jorge Amado Neto, Maria João, Bruno, Cecília, Mariana, Valéria, Adriana e Camila, já estiveram no local o governador da Bahia Jacques Wagner (PT), a primeira-dama Fátima Mendonça, o prefeito de Salvador João Henrique (PMDB), o ex-governador da Bahia Paulo Souto, o senador Antonio Carlos Júnior (DEM-BA), o deputado ACM Neto (DEM-BA) e o escritor Antonio Olinto, membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), entre outros.
Jacques Wagner afirmou que que a escritora “representava muito bem a mulher baiana, apesar ter nascido em São Paulo, por tudo que fez em vida para exaltar o nome da Bahia”.
James Amado, irmão do escritor Jorge Amado, declarou que “é uma perda inestimável não só para quem gostava dela como pessoa, mas para a literatura, pois Zélia tinha um estilo próprio e que não pegava carona nas obras de Jorge. Era uma grande escritora acima de tudo”.
A filha Paloma Amado disse que “a última alegria profissional de minha mãe foi receber o título de doutor honoris causa pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), que foi dado quando ela já não estava com boa saúde. Ser reconhecida pelo povo baiano foi uma grande alegria”.
As cinzas de Zélia Gattai serão espalhadas pelo jardim da Casa do Rio Vermelho, em Salvador, assim como ocorreu na ocasião da morte de seu marido, o escritor Jorge Amado, em 2001.
A casa, fechada desde 2002 e com sinais de deterioração, pode ser tombada. Segundo declarou o governador Jacques Wagner no velório, “o Estado da Bahia irá apoiar o tombamento da Casa do Rio Vermelho, se esta for a vontade da família. É importante preservar nossas tradições culturais”.
O artista plástico Santi Scaldaferri, amigo do casal Zélia Gattai e Jorge Amado e autor de diversas esculturas presentes na Casa do Rio Vermelho, afirmou no velório da escritora que “é muito justo que as cinzas dela se juntem às de Jorge Amado, pois a casa tem a atmosfera deles. Jorge Amado era teimoso com todo mundo, exceto com Zélia: ele sempre a ouvia”.
A escritora, que já havia sido internada diversas vezes nos últimos meses, morreu devido a uma parada cardio-respiratória. Zélia Gattai era membro da Academia Brasileira de Letras (ABL), eleita para cadeira anteriormente ocupada pelo marido Jorge Amado, que teve Machado de Assis como primeiro ocupante e José de Alencar como patrono. (Colaborou Gabriel Carvalho, de Salvador)

Uma resposta to “19 de Maio – MORRE A ESCRITORA ZÉLIA GATTAI”

  1. Paulo Mendes Says:

    A literatura brasileira está de luto com a morte da memorialista, romancista e fotógrafa Zélia Gattai, a literatura infelizmente ainda não é uma cultura afinco em nosso país, e perdendo pessoas como Zélia, vai ficando cada vez mais difícil….
    Parabéns Emilio pelo artigo em seu Blog

    Paulo Mendes
    Zbrazil Informatica

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: