25 de Junho – FLORAIS DE BACH É NA BIOESSÊNCIA I

O tratamento sozinho não é indicado normalmente, pois o terapeuta é capaz de identificar com mais eficiência a necessidade do paciente. “As pessoas podem escolher as essências que desejam tomar e mandar manipular em uma farmácia de homeopatia e manipulação. Mas, para isso, é necessário que elas tenham um conhecimento profundo das essências florais bem como um conhecimento profundo de si próprio”, completou a terapeuta.
Os florais devem ser tomados quatro vezes ao dia, em uma dose de quatro gotas. O tempo de tratamento vai depender da reação de cada pessoa. “A duração é muito variável, pois vai depender de quem está sendo tratado, bem como do que se está tratando. Isso significa que quem vai determinar o tempo do tratamento é o próprio paciente”, disse Valquiria. A pessoa pode voltar a usar as fórmulas quando sentir necessidade. “Eu fiz o tratamento e fiquei ótima. Mas quando sinto que não estou muito bem, uso os florais para melhorar meu estado de espírito”, disse Maria Stella.
Os Florais em si
O sistema dos Florais de Bach é composto por 38 essências florais e uma fórmula para emergências denominada Rescue Remedy. Cada um desses 38 florais é especial para cada diferente estado da mente. Pode-se misturar em uma única fórmula até seis tipos. A fórmula do Rescue Remedy é composta por: Impatiens, Star of Bethlehem, Cherry Plum, Rock Rose e Clematis. “O Rescue pode ser utilizado em situações como quando receber notícias desagradáveis, antes de uma prova ou entrevista, antes de cirurgias, após assistir ou sofrer um acidente, pois ele vai restaurar o equilíbrio e a harmonia interior”, finalizou Valquiria.
As demais essências foram agrupadas em sete grupos emocionais gerais, sendo que cada essência irá se relacionar com um estado emocional específico. Confira alguns problemas emocionais que podem ser curados com Florais de Bach:
Medo: Rock Rose, Mimulus, Cherry Plum, Red Chestnut, Aspen
Incerteza: Hornbeam, Wild Oat, Gentian, Gorse, Cerato, Scleranthus
Falta de interesse no mundo à sua volta: Mustard, Chestnut Bud, White Chestnut, Wild Rose, Olive, Clematis, Honeysuckle
Solidão: Impatiens, Heather, Water Violet
Hipersensibilidade aos outros: Walnut, Holly, Agrimony, Centaury
Desalento ou desespero: Star of Bethlehem, Willow, Oak, Elm, Crab Apple, Larch, Pine, Sweet Chestnut.
Preocupação exagerada pelo bem-estar dos outros: Beech, Rock Water, Chicory, Vine, Vervain
A história dos Florais de Bach
Os Florais de Bach surgiram na década de 1930, na Inglaterra, quando o médico Edward Bach aperfeiçoou a pesquisa com flores e plantas silvestres. “Dentro do sistema dos Florais de Bach apenas um floral não é feito a partir de flores. Ele se chama Rock Water e é preparado com água pura da fonte”, comentou Valquiria Rita Geraldini, terapeuta floral de São Paulo.
Bach, bacteriologista e pesquisador, identificou 38 estados negativos da mente e descobriu uma mistura de plantas para cada um desses estados. “O dr. Edward Bach vinha observando que a personalidade e as atitudes das pessoas interferiam sobre seus estados de saúde. Sendo assim, interessava-se pelos pacientes como pessoas, concluindo que a personalidade deve ser levada em conta no tratamento. Essa concepção era bastante inovadora naquela época”, disse Valquiria. A descoberta das personalidades veio em um jantar, quando observou que as pessoas se encaixavam em grupos de tipos diferentes e que o tratamento deveria ser diferente para cada uma delas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: