07 de Agosto – “VAI PRESO(A) IGUAL” HEHEHEHEH!!!!

Pesquisa diz que homens traem pelo “efeito novidade” e mulheres, por vingança
Tatiana Pronin

A maior parte dos homens trai porque adora uma novidade. No caso das mulheres, o principal incentivo para a infidelidade é o desejo de se vingar. A conclusão é de uma pesquisa feita pelo psicólogo Thiago de Almeida, da USP (Universidade de São Paulo), com 900 pessoas (355 homens e 544 mulheres).
Os entrevistados, de idades e classes sociais variadas, eram pacientes do Instituto de Psicologia da USP ou do consultório de Almeida e tinham buscado ajuda justamente pela aflição de terem sido trocados por outro.
Para felicidade dos homens, 90% das mulheres ouvidas são (ou se dizem) fiéis. Já entre eles (e para desespero delas), o percentual de fidelidade é bem menor: 60%.
Para o pesquisador, o resultado traz uma mensagem otimista: “Há mais fiéis do que infiéis, o que contraria a crença de muita gente e o que a própria ciência prediz para o ser humano”, diz, referindo-se a teorias evolucionistas sobre a inclinação natural do homem para a poligamia.
Outra boa notícia, para o psicólogo, é que nem todas as pessoas traídas pagam com a mesma moeda. “Em alguns casos, até por saber o quanto dói ser traído, a pessoa decide que não quer transferir a sofrimento para o outro”, analisa.

Justificativas para a escapada
Em estudo anterior, Almeida já havia pesquisado a relação entre ciúme e infidelidade. Dessa vez, ele decidiu avaliar as justificativas de homens e mulheres para a “pulada de cerca”.
O “efeito novidade” foi a resposta de 35% dos homens e a segunda mais citada pelas mulheres. Segundo o pesquisador, é o que os cientistas chamam de “efeito Coolidge”, em alusão ao ex-presidente americano Calvin Coolidge (1872-1933). Dizem que ele e a mulher, certa vez, visitaram uma fazenda separadamente. Ao saber que um boi copulava 17 vezes ao dia, a primeira-dama se impressionou. “Digam isso ao presidente”, teria pedido ela aos assessores. Ao ser informado, Coolidge também ficou curioso e descobriu que as cópulas eram sempre com vacas diferentes. Então o presidente teria replicado: “Contem isso para minha mulher”.

‘Trair por trair’
Além de buscar o novo ou se vingar, o caráter lúdico da sedução também é um argumento freqüente entre os infiéis: 19,6% dos homens e 11,3% das mulheres. “São pessoas que traem apenas por trair; gostam do que fazem e não pensam no bem-estar do outro”, descreve o psicólogo.
A carência física ou emocional também contou para 7,7% deles e 15,5% delas. Outra justificativa apontada para a infidelidade, que em parte se parece com a retaliação, é o que o pesquisador classifica como desespero. “São pessoas frágeis ou inseguras que ficam desapontadas por algum problema ocorrido entre o casal e acabam traindo, mas depois se arrependem desse descontrole emocional”, explica.
Alguns entrevistados de ambos os sexos relataram, ainda, que a traição é uma forma de sentirem-se revitalizados na meia-idade: 4,5% das mulheres e 1,4% dos homens admitiram que esse foi o estopim para saírem com outra pessoa.

Uma resposta to “07 de Agosto – “VAI PRESO(A) IGUAL” HEHEHEHEH!!!!”

  1. Maria Luiza Says:

    Fico feliz que finalmente uma pesquisa séria tenha sido feita sobre o assunto. Pesquisei no google mais a respeito do autor desta pesquisa e descobri que Thiago de ALmeida, psicólogo e pesquisador da USP, é considerado o maior especialista em amor, ciúme e em relacionamentos amorosos de todo o país. Pena que não moro em sampa senão certamente ele me teria no consultório dele. hheeheh

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: