11 de Agosto – INFERTILIDADE

Infertilidade masculina atinge cerca de 40% de casais com problemas para engravidar 

“Quando se fala em tentativa de gravidez ou tratamento para infertilidade logo se pensa na mulher como o centro da questão. Na verdade, o tema diz respeito aos homens numa proporção equivalente – em todo o mundo, cerca de 40% do total de casais inférteis enfrentam problemas relacionados ao homem”
A infertilidade masculina atinge cerca de 40% do total de casais que têm problemas para engravidar, em todo o mundo. A causa mais comum no homem é a varicocele – varizes no testículo. Pesquisa européia aponta que os tratamentos para combater a infertilidade masculina vêm superando as técnicas clássicas.
Quando se fala em tentativa de gravidez ou tratamento para infertilidade logo se pensa na mulher como o centro da questão. Na verdade, o tema diz respeito aos homens numa proporção equivalente – em todo o mundo, cerca de 40% do total de casais inférteis enfrentam problemas relacionados ao homem.
Na Europa, esse dado pode ser ainda mais significativo. Recente pesquisa realizada em 24 países pela Sociedade Européia de Reprodução Humana e Embriologia aponta que a ICSI, técnica de injeção de esperma intracitoplásmica, utilizada geralmente em casos de esperma de baixa qualidade, vem superando a procura por tratamentos de FIV (fertilização in vitro) clássica.

Causas da infertilidade masculina
Entre as causas mais comuns da infertilidade masculina estão as doenças genéticas (herdadas) e a varicocele (adquirida). Fatores como estresse, obesidade, diabetes e qualidade de vida também podem interferir na produção do esperma. A infertilidade masculina pode ser tratada através de técnicas de Reprodução Assistida.
As causas da infertilidade masculina estão relacionadas à produção do espermatozóide: sua quantidade, morfologia e motilidade. Um homem considerado normal do ponto de vista da fertilidade gera algo em torno de 80 milhões de espermatozóides na ejaculação. O espermatozóide também deve obedecer um padrão em relação à morfologia – formato – e à capacidade de movimentação – motilidade. “A varicocele, por exemplo, que reduz a motilidade, é uma das causas mais comuns da infertilidade”, completa.
Pesquisas recentes têm apontado outros diferentes fatores como causas prováveis da infertilidade masculina, entre eles diabetes, obesidade, má qualidade de vida e estresse. A idade avançada também é fator de risco para os homens. Após os 40 anos, a qualidade do esperma diminui. “O que está em jogo é a fragmentação do DNA do esperma, que diminui a taxa de gravidez. Essa fragmentação pode resultar de múltiplos fatores como uso de drogas, febre alta, temperatura testicular elevada, poluição e fumo. Por isso, quanto mais qualidade de vida, mais qualidade e maior a integridade do esperma”, finaliza.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: