12 de Agosto – AS AFTAS ARDEM. iSSO NÃO É ALEMÃO.

Aftas desaparecem mesmo sem medicação
THARSILA PRATES

As aftas são muito conhecidas da população, mas suas causas ainda estão cercadas de mistério. Por isso, o tratamento é paliativo –ajuda a amenizar a dor. A boa notícia é que as lesões acabam cicatrizando mesmo sem o uso de medicamentos.
Além das aftas que aparecem na boca ocasionalmente, existe ainda o problema chamado de estomatite aftosa recorrente, quando as lesões aparecem com freqüência.
Segundo a gastroenterologista Maria de Lourdes Teixeira da Silva, do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, a estomatite aftosa recorrente acontece mais nas mulheres. “Talvez pela própria influência hormonal”, afirma Maria de Lourdes.

Ainda não está comprovado o porquê do aparecimento das aftas. Alguns fatores, no entanto, podem ser levados em conta. “A tendência recente no meio médico é acreditar que o próprio sistema imunológico da pessoa cause essa destruição”, diz Maria de Lourdes. Pode haver ainda alguma predisposição genética para o problema ou influências hormonais. Quem sofre de úlceras causadas por uma bactéria chamada Helicobacter pylori apresenta aftas associadas ao problema.
Muitos acreditam também que alguns alimentos, especialmente os mais azedos, causam afta. “Esses alimentos, como o abacaxi, que é ácido, podem servir de gatilho para o aparecimento das aftas, sem ser necessariamente a sua causa”, afirma a gastroenterologista do Beneficência Portuguesa. O estresse também é apontado como fator desencadeador do problema, embora ainda não haja comprovação nem justificativa.
Como as causas podem ser várias e elas ainda estão indefinidas, o tratamento fica prejudicado. Maria de Lourdes afirma que as lesões são autolimitadas, ou seja, se curam por elas próprias, e a cicatrização ocorre num período entre sete e 14 dias.
Apesar disso, pomadas corticóides são muito eficientes, garante Maria de Lourdes. “Elas diminuem a dor e permitem uma cicatrização mais rápida.” Podem ser usados ainda medicamentos anti-sépticos e anestésicos.
O tratamento de quem já tem úlceras inclui a eliminação da bactéria causadora do problema para, assim, diminuir a ocorrência das aftas. Uma alternativa caseira que pode surtir resultado, segundo a médica, é aplicar bicarbonato de sódio na lesão.

Cicatrização
Especialistas alertam para a importância em distinguir aftas comuns das lesões provocadas por traumatismos na boca. Elas podem surgir devido ao uso de aparelhos ortodônticos, associadas a doenças mais graves, como o câncer, ou ainda por conta de problemas inflamatórios intestinais. Por isso, se a cicatrização da lesão demorar muito, é recomendável que se procure um médico para um tratamento adequado.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: