19 de Agosto – BLOG ESPORTE – SALTO PARA A VITÓRIA

Maurren está na final do salto em distância sem principal rival
Bruno Doro
Em Pequim (China)*

Maurren Maggi confirmou sua boa forma física e passou pela eliminatória do salto em distância, realizada nesta segunda-feira no Ninho de Pássaro. A brasileira, com a segunda marca do dia, 6,79 m, se classificou para a final da modalidade, que será disputada às 8h20 da próxima sexta-feira (horário de Brasília).

Brasileira fez o segundo melhor salto da prova. Keila Costa também está na final
“Foi um salto seguro, mas tenho muito mais para a final.” Após um primeiro salto de 6,68 m, Maurren ultrapassou em sua segunda tentativa a marca que garante presença na final (6,75 m). A norte-americana Brittney Reese, com 6,87 m, foi a única a superá-la.
A brasileira Keila Costa terminou em terceiro lugar no Grupo B e ficou entre as 12 melhores atletas na classificação geral, com o último salto, de 6,62 m, e também disputa a final olímpica. Keila havia queimado o primeiro salto, pisando na linha que limita a pista antes da caixa de areia, e no segundo atingiu 6,44 m.
Este ano Maurren saltou duas vezes acima de 6,90 m: 6,94 m em Cochabamba e 6,99 m em São Paulo, durante o Troféu Brasil, sendo as duas marcas alcançadas em junho. Para conquistar uma medalha em Pequim-2008, a atleta revelou a intenção de superar os 7 m na final.
As chances de um bom resultado para Maurren aumentam sem a rival Naíde Gomes, dona da melhor marca do mundo no ano (7,12 m). A portuguesa, com o melhor salto de 6,29 m, não alcançou índice para a final e deixou a disputa em Pequim.
Maurren admitiu ter ficado surpresa com a saída da rival, atual campeã mundial indoor, mas minimizou o fato. “Não está mais fácil, porque todo mundo está saltando muito longe. Só uma ficou de fora. Eu esperava esse nível alto, mas não esperava que tantas não se classificassem.”

A brasileira esteve em Sydney-2000, quando acabou na 14ª posição. Maurren não esteve em Atenas-2004, num período em que deixou as competições de lado e teve uma filha, Sophia. Em 2003, às vésperas do Pan-Americano de 2003, a brasileira foi flagrada em um exame antidoping e ficou suspensa, voltando às competições em 2006.
“Sem dúvida estou na melhor fase da minha vida. Talvez com um pouco de saudade da Sophia, mas, como estou aqui, vamos fazer valer a pena”, afirmou Maurren, após garantir seu lugar na final olímpica.
Maurren é recordista sul-americana no salto em distância, com a marca de 7,26 m, conquistada em Bogotá (Colômbia), em 1999. A atleta possui também o melhor tempo da América do Sul nos 100 m com barreiras, 12s71, fixado em 2001.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: