26 de Agosto – EXEMPLO DE VIDA. TUDO É POSSÍVEL AO QUE CRÊ

Interno da Fundação Casa passa em universidade pública; outros 644 estão inscritos no Enem

Um interno da Fundação Casa Anhanguera (antiga Febem), em Campinas, foi aprovado no vestibular da Unesp (Universidade Estadual Paulista), um dos maiores do país. Ele e outros 644 jovens da instituição estão inscritos para a prova do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) no dia 31 de agosto.
O garoto, de 19 anos, é o primeiro interno da Fundação a passar em um vestibular de universidade pública. Ele foi aprovado em geografia na UNESP, em Ourinhos, no interior de São Paulo- cuja a concorrência foi de 10,8 candidatos por vaga, ficou em 4º lugar em engenharia ambiental na USF (Universidade São Francisco) e também conseguiu uma vaga no curso técnico de química em Campinas.
O jovem ainda não decidiu que curso irá seguir e enfrenta um dilema incomum na Fundação. “O número de internos que entram na universidade ainda é muito baixo. Grande parte dos meninos chega com alto grau de defasagem e tem um percurso escolar não regular. Muitos retomam os estudos aqui”, explica a gerente escolar da Fundação Casa Neuza Flores.
Foi o que aconteceu com esse interno. Em 2006, ele repetiu o 3º ano do ensino médio por freqüência e quando foi internado, em março de 2007, voltou a estudar e concluiu o ensino médio no ano passado. “Aprendi o que era vestibular na Fundação. Os funcionários me incentivaram e fiz seis meses de cursinho no Educafro”, diz.
A autorização para freqüentar as aulas do cursinho aos sábados fora da instituição foi concedida a ele, que já passou um ano e meio na Fundação. Agora, o rapaz aguarda a liberdade que depende uma decisão judicial e deve sair em até dois meses.
“As condições são melhores às das outras escolas públicas”
A Fundação Casa realizou, no dia 6 de agosto, um simulado para o Enem que contou com 600 participantes. Dos 981 internos matriculados no nível 3, que corresponde ao ensino médio, 645 estão inscritos no exame. “A maioria fará a prova como treineiro, pois apenas cerca de 130 alunos do nível 3 estão no correspondente ao 3º ano do ensino médio. A participação depende exclusivamente da vontade deles”, diz Flores.

A gerente escolar conta ainda que as condições educacionais da Fundação são melhores que as das escolas públicas, no geral. “Trabalhamos com salas reduzidas de 15 alunos, temos 500 professores em contrato de 40 horas semanais e cerca de um agente educacional para cada nove internos.”
Ela enfatiza que a instituição enfrenta dificuldades como toda a rede de ensino público no país, mas acredita que os resultados alcançados são excelentes. “No ano passado, 74 internos alcançaram 45 pontos no Enem. Isso é um avanço se considerarmos a situação em que eles chegam na Casa.”

“Faltam livros, jornais e revistas”
O vestibulando que passou na Unesp é uma exceção e não representa a realidade da situação educacional da Fundação Casa, na opinião do membro do Conanda (Conselho Nacional dos Direitos da Criança e do Adolescente) e secretário geral do Condepe (Conselho Estadual de Defesa dos Direitos da Pessoa Humana) Ariel de Castro Alves.
Para ele, o sistema de ensino em níveis adotado pela instituição contribui para aprofundar um preconceito em relação aos internos. “A educação igual às outras escolas da rede pública contribuiria para a reinserção dos jovens na sociedade”, diz.
Castro Alves acredita que a situação educacional na Fundação Casa é bem pior se comparada às outras instituições de ensino público do país. “As salas são apertadas, em condições precárias, faltam livros e os internos não tem acesso à internet, revistas ou jornais.”

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: