Archive for the ‘curiosidades’ Category

30 de Setembro – BAFÔMETRO GAME?

setembro 30, 2008

Polícia italiana usa videogame no lugar de bafômetro

 

A polícia italiana está usando um videogame para verificar se motoristas estão drogados e alcoolizados. O aparelho está sendo testado em algumas cidades italianas e chega para substituir o velho bafômetro usado em blitzes normais no país.

O videogame DeeDee é o resultado de 15 anos de pesquisa neurológica e cibernética de cientistas italianos

O videogame DeeDee, desenvolvido por cientistas italianos, é composto de um joystick e de uma tela de computador. As imagens criadas por um programa especial simulam situações de trânsito. A alavanca única reúne os controles de aceleração e frenagem de um carro virtual pilotado pelo motorista.

 

O DeeDee é o resultado de 15 anos de pesquisa neurológica e cibernética da equipe do engenheiro Alberto Rovetta, professor do laboratório de robótica do departamento de engenharia mecânica do Politécnico de Milão.

O método é bem mais prático e barato do que os bafômetros – além de ser menos agressivo psicologicamente – e poderá, após ser comercializado, ser disponibilizado em bares, restaurantes e para uso privado.

85% de acerto

A operação completa para identificar um motorista alcoolizado ou drogado dura cerca de um minuto. Um carro vermelho, uma rua cinza, um muro e um sinal de trânsito aparecem na tela.

O motorista, em pé no acostamento da estrada ou na calçada, deve seguir as instruções do semáforo virtual, movimentar o carro e pará-lo antes de bater na parede. Parece fácil, mas para quem bebeu além da conta ou se drogou a manobra elementar se torna quase uma missão impossível.

“O aparelho é capaz de medir a reação nervosa da pessoa. O nível desta reação recomenda ou não um exame clínico para constatar as causas. O índice de acerto é em torno de 85% se comparado com o método tradicional, mas queremos chegar aos 90%. Mais do que isso, eu acho que é difícil, pois é impossível adivinhar a natureza humana”, diz o professor Alberto Rovetta à BBC Brasil.

O tempo de reação, a velocidade dos dedos, a destreza dos movimentos e o tremor das pontas dos dedos são analisados por quatro nano-sensores localizados dentro do joystick.

Eles foram criados para decifrar o mecanismo de resposta do cérebro ao impulso do videogame e levam 5 milésimos de segundo para capturar os dados. O programa do computador recebe as informações neurológicas, faz os cálculos e apresenta o diagnóstico.

O resultado do teste de direção aparece na hora. O sinal verde indica a ausência de álcool ou drogas no organismo. A cor amarela revela a ingestão de drogas e de álcool. Já a luz vermelha acusa uma quantidade de álcool no sangue superior ao máximo previsto pela lei.

 

O professor Alberto Rovetta conta que em alguns testes foram detectados distúrbios psíquicos profundos. “Era um motorista que não tinha bebido e nem estava drogado, mas tinha problemas mentais. Ele sofria de esquizofrenia”, contou o pesquisador.

O projeto nasceu em 1993, sob a batuta do prêmio Nobel de Medicina, John Carew Eccles (1903-1997), especialista no estudo da fisiologia dos neurônios. Em 2000, a pesquisa ganhou financiamento da União Européia. O primeiro protótipo nasceria seis anos depois, mas o programa de computador, capaz de produzir informações mais precisas, ficou pronto apenas agora.

O Politécnico de Milão tem um acordo com polícia italiana para implantar o projeto. O videogame tem surpreendido os motoristas que deixam as discotecas de cidades como Milão, Turim, Aosta e Novara. As cidades Alessandria. Cagliari, Arezzo, Foggia e Verona estão na fila. Nesta fase inicial de testes, ele está sendo certificado e comparado ao método tradicional.

 

Álcool no trânsito

Os acidentes de trânsito causados por motoristas bêbados causam grande preocupação na Itália. Em uma amostragem com 126 mil motoristas nos primeiros seis meses deste ano, 12.756 testaram positivo para álcool.

No mesmo período, foram registrados 764 mortes, dos quais 296 tinham menos de 30 anos de idade. No ano passado, 40 mil carteiras de motorista foram suspensas.

 

A partir da semana passada todos os bares e restaurantes que vendem bebidas alcoólicas deverão exibir na porta uma tabela que explica a relação entre um copo de vinho ou de cerveja e a taxa de álcool no sangue.

A planilha leva em consideração as variáveis como o peso da pessoa, o sexo e a quantidade de comida ingerida. Pela lei italiana, uma pessoa pode dirigir com até 0,50 gramas de etanol por litro de sangue. Este limite é superado por um homem de setenta quilos que toma uma cerveja sem ter se alimentado antes.

Anúncios

26 de Setembro – “CADÊ AS MINHAS?”

setembro 25, 2008

Pesquisa do IBGE divulgada hoje confirma que sobram mulheres em relação aos homens no Brasil.

 

Para cada 100 mulheres, existem 95 homens. É a média nacional. Em Maringá, especula-se que existem 3 mil mulheres a mais que homens. E em Loanda?

 

A diferença não é porque nascem mais mulheres. Há um equilíbrio da natureza. Ocorre que morrem mais homens, principalmente de forma violenta.

 

*Recife é a cidade brasileira que mais tem mulheres. Para cada 100 mulheres, existem 87 homens.

26 de Setembro – SE A MODA PEGAR NOS SERES HUMANOS…

setembro 25, 2008

Chimpanzés se reconhecem pelo traseiro, diz pesquisa

 

Chimpanzés são capazes de reconhecer membros de seu grupo pelo traseiro, afirma um estudo dos primatólogos Frans de Waal e Jennifer Pokorny, do Centro Nacional de Pesquisa sobre Primatas da universidade Emory, em Atlanta (Estados Unidos), publicado na revista “New Scientist”.

 

De Waal e Pokorny fizeram uma experiência com seis chimpanzés adultos, aos quais fizeram relacionar, através de fotos, os rostos e os traseiros de outros exemplares, tanto machos quanto fêmeas.

Primatas conseguiram relacionar imagens de rostos a imagens de traseiros

Primeiro os cientistas mostraram aos primatas a foto de um traseiro, na qual se viam também os genitais, e depois dois rostos, ambos do sexo correspondente à imagem anterior.

 

Todos os chimpanzés que participaram da experiência, três machos e três fêmeas, puderam associar corretamente os rostos com as nádegas, apesar de só terem sido capazes de fazer isto com exemplares que conheciam.

Segundo os pesquisadores, a experiência demonstra que os chimpanzés constroem representações mentais de todo o corpo de seus companheiros.

 

Ao ver as fotos, os animais não buscaram apenas pistas nos traseiros que os levassem a identificar os rostos, mas foram capazes de evocar uma representação total, de corpo inteiro, de seus conhecidos, afirmam os cientistas.

Em outra experiência, De Waal e Pokorny colocaram à prova a habilidade dos chimpanzés de reconhecer o sexo de outros por seus rostos. Primeiro mostraram aos animais a foto do traseiro de um chimpanzé macho ou fêmea, o que equivalia a um estímulo sexual.

 

Depois mostraram a eles primeiríssimos planos do rosto de dois chimpanzés, um de cada sexo, e os incentivou a identificar a qual deles se associava a imagem anterior.

Os chimpanzés foram capazes de relacionar o rosto com seu sexo, embora, de novo, só com os exemplares que conheciam. Segundo os autores da experiência, isto sugere – apesar da necessidade de mais estudos para comprovação – que os chimpanzés são capazes de fazer “construções de gênero”, ou seja, reconhecer o sexo de outros não apenas por seus atributos físicos, mas por informações derivadas de sua experiência com estes exemplares no grupo.

24 de Setembro – NOVA DESCOBERTA

setembro 24, 2008

Telescópio de Einstein é achado em porão de universidade em Jerusalém

 

Quando o cientista Albert Einstein doou seu telescópio à Universidade Hebraica de Jerusalém, dificilmente pensou que ele acumularia pó durante décadas em um porão até ser descoberto por um apaixonado por seu legado.

O Prêmio Nobel de Física ordenou, em vida, a doação de todos os seus estudos, incluindo os da teoria da relatividade, a este centro acadêmico, que ostenta, atualmente, os direitos autorais sobre os mesmos.

Também fez o mesmo, junto com outros artefatos, com seu telescópio, incluindo nos registros da universidade que ninguém se incomodou em consultar durante décadas, segundo relata em sua edição de hoje o jornal israelense “Yedioth Ahronoth”.

Einstein tinha recebido o telescópio de Zvi Gezri, um colega do físico que ele conheceu na Universidade de Princeton (Estados Unidos). Durante mais de dez anos, o instrumento permaneceu armazenado no edifício do planetário da universidade em Jerusalém, que está em desuso.

Isso ocorreu até que Eshel Ophir, diretor do Centro Belmonte de Ciências de Laboratório da Universidade Hebraica, começou a buscar o objeto, encontrando-o, por fim.

“Sabia que tínhamos o telescópio que Einstein doou à escola e sempre tinha me perguntado o que tinha acontecido com ele”, explicou Eshel ao jornal.

“Um dos locais onde decidi buscar foi no antigo edifício do planetário. Estava, literalmente, colocando ordem entre os escombros quando o encontrei”, lembra.

 

Agora, o autor da descoberta espera que o telescópio represente uma “oportunidade para os jovens estudantes de entrar em contato direto com o legado deste grande homem”, cuja “curiosidade não tinha limites”.

A Fundação Jerusalém e o centro científico Joseph Meyerhoff da cidade santa forneceram fundos para a restauração do instrumento que pertenceu ao pai da Teoria da Relatividade.

23 de Setembro – JÁ IMAGINOU SE FOSSE VOCÊ O SORTUDO?

setembro 23, 2008

Diamante de 478 quilates é encontrado no Lesotho 

 

 A Gem Diamonds, uma empresa mineradora de Londres, anunciou neste domingo que havia encontrado em Lesotho um diamante de 478 quilates, o vigésimo maior diamante bruto já encontrado.

A pedra preciosa, que a companhia afirma que tem o potencial de se tornar um dos maiores diamantes talhados do mundo, foi descoberta no dia 8 de setembro na mina de Letseng, propriedade de uma companhia de mineração formada pela Gem Diamonds (70%) e pelo governo de Lesotho (30%).

 

“Uma análise preliminar deste diamante notável indica que se tornará uma pedra polida de tamanho recorde, da melhor claridade e cor”, indicou em um comunicado o presidente da empresa, Clifford Elphick.

O diamante, que ainda não foi batizado, tem potencial para se tornar uma pedra talhada de 150 quilates, disse um porta-voz da empresa, muito maior que os 105 quilates do diamante talhado de Koh-i-Noor, que foi levado da Índia para Grã-Bretanha no século XIX e que hoje faz parte das jóias da coroa britânica.

No entanto, ficará distante do diamante Cullinan, descoberto em 1905 em uma mina da África do Sul com 3.106 quilates (pouco mais de meio quilo) e que é chamado de “Estrela da África”, um diamante talhado de 530 quilates.

28 de Agosto – SE A MODA “PEGA”….

agosto 28, 2008

Alabama multará em R$ 50 por mês funcionários públicos por obesidade

Montgomery, EUA – O Estado norte-americano do Alabama, que está em terceiro lugar no ranking de obesidade do país, está fechando o cerco aos funcionários públicos que estão acima do peso. O Estado deu aos seus 37.527 funcionários um ano para ficarem em forma – ou serão multados em US$ 25 (R$ 50) por mês pelo seguro de saúde que, caso contrário, é gratuito.
O Alabama vai ser o primeiro Estado a impor uma penalidade aos trabalhadores acima do peso, de maneira que se sintam obrigados a emagrecer. Diversos outros Estados dão recompensas por comportamentos saudáveis.
O Alabama já cobra de trabalhadores que fumam – e conseguiu um certo sucesso para fazê-los parar – e agora voltou sua atenção a um problema que atrapalha muitas pessoas no sul: a obesidade.
Se os exames de saúde constatarem problemas sérios de pressão, colesterol, glicose ou obesidade, os empregados terão um ano de médicos e programas de tratamento gratuitos para reverterem a situação. Se eles mostrarem progresso, não serão cobrados. Caso contrário, começarão a pagar pelo seguro de saúde a partir de 2011.

23 de Agosto – É MENINO OU MENINA? “TÔ COM ENJÔO”

agosto 23, 2008

Enjôos matinais na gravidez indicam que bebê é menina?

 

A AFIRMAÇÃO: Enjôos matinais denotam maior probabilidade de ser uma menina.

 

OS FATOS: Antigas histórias de previsão do sexo de um bebê – que se baseiam em pistas como a forma com que uma mulher carrega e o batimento cardíaco fetal – são geralmente mais fantasia do que fato.

Imagina-se que certos hormônios produzidos pelos fetos femininos podem

ser os culpados pelo enjôos matinais

Mas a noção de que o enjôo matinal algumas vezes indica a chegada de uma menina pode ser uma exceção. Diversos grandes estudos em vários países examinaram a afirmação, e quase todos a descobriram como verdadeira, com ressalvas. Especificamente, os estudos descobriram que o fato se aplica a mulheres com enjôos matinais no primeiro trimestre, e com sintomas tão severos que levam a hospitalização – uma condição conhecida como “hyperemesis gravidarum”.

Um dos estudos mais recentes foi conduzido por epidemiologistas na Universidade de Washington. Os cientistas compararam 2.110 mulheres grávidas que foram hospitalizadas com enjôos matinais em seu primeiro trimestre e um grupo de controle de 9.783 que não ficaram gravemente doentes. Descobriram que as mulheres do primeiro grupo tinham maiores probabilidades de parir uma menina, e que as que estavam mais doentes – hospitalizadas por três dias ou mais – tinham as maiores chances: um aumento de 80% em relação às mulheres do grupo de controle.

Outros estudos em “The Lancet” e no jornal “Epidemiology”, entre outros, repetiram as descobertas. Imagina-se que certos hormônios produzidos pelos fetos femininos podem os culpados.

A CONCLUSÃO: Graves enjôos matinais podem indicar uma probabilidade maior de que o bebê será uma menina.

22 de Agosto – VAI EXPLICAR

agosto 22, 2008

Britânico encontra mensagem que atirou ao mar 23 anos atrás 

Britânico havia jogado mensagem ao mar quando tinha 11 anos
Um britânico reencontrou uma mensagem que ele tinha jogado ao mar em uma garrafa 23 anos atrás.
Donald Wylie lançou ao mar a carta na praia de Sandside, nas Ilhas Orkney, na Escócia, em 1985.
A garrafa foi encontrada durante uma limpeza de verão na praia de West Sands, em Fife, também na Escócia.
Os voluntários que faziam a limpeza na praia e encontraram a garrafa – entre eles estudantes e funcionários da Universidade de St. Andrews – começaram, então, a procurar o autor da mensagem.
Depois que Wylie foi localizado, a voluntária Mary Stevens entregou a garrafa com a mensagem a seu autor.
 
Mary Stevens entregou mensagem que encontrou a Donald Wylie

 

Respostas

A mensagem diz “Olá! Eu sou um menino de 11 anos de idade, meu nome é Donald Wylie. Minha data de nascimento é 11/9/1972. Estou jogando esta garrafa ao mar na praia de Sandside, Deerness, Ilhas Orkney. Se a pessoa que encontrá-la for muito mais velha que eu, poderia por favor encontrar um garoto da minha idade, se for possível. Muito obrigado”.
Wylie, hoje com 35 anos, disse que, quando era criança, sua mãe o encorajava a escrever mensagens e lançá-las ao mar e que ainda mantém o hábito.
“Ao longo dos anos eu recebi algumas respostas, geralmente da Noruega ou da Dinamarca”, disse Wylie.
“Mas nunca havia recebido uma resposta depois de tanto tempo”, afirmou.

19 de Agosto – ALGUNS NOMES DE CANDIDATOS

agosto 19, 2008

Estes candidatos as eleições 2008 são de Belo Horizonte (Estão no Blog do meu amigo Edson lima www.odiariomaringa.com.br/edsonlima

Chama atenção os apelidos, registrados na Justiça Eleitoral, de candidatos a vereadores de Belo Horizonte (MG).

*Janu da Kombi, Valdo Sanduíche, Loirinho da Pizzaria, Lindomar Já Ouviu Falar, Nego Osvaldo Belisquete, Magal Saque Rápido, Vovô do Rock e Rola Bosta.

*Gostei do Lindomar Já Ouviu Falar. Deve ser um fofoqueiro daqueles…

*O último da lista – o tal Rola Bosta – tem um desentupidora de fossa na cidade. É candidato pela segunda vez. Na primeira, fez uma m.. de votos

14 de Agosto – BEBEU, DANÇOU!

agosto 14, 2008

Álcool ‘torna as pessoas mais bonitas’, indica estudo

Depois de uns copos de cerveja, as pessoas realmente começam a achar os outros mais bonitos, segundo um estudo feito por cientistas da Universidade de Bristol, no Reino Unido, e publicado na revista New Scientist.
A equipe liderada por Marcus Munafò, do Departamento de Psicologia Experimental, conduziu uma experiência com 84 alunos heterossexuais, pedindo que eles consumissem uma bebida não-alcoólica com sabor de limão ou uma bebida alcoólica com um sabor semelhante.
A quantidade de álcool variava de acordo com o indivíduo, mas foi calculada para ter o efeito que um copo de 250 ml de vinho teria em uma pessoa de 70 kg – ou seja, o suficiente para deixar parte dos alunos levemente embriagados.

Quinze minutos depois, os pesquisadores mostraram fotografias aos participantes de pessoas da sua idade, de ambos os sexos.
Tanto os homens como as mulheres que haviam consumido álcool avaliaram as pessoas retratadas como mais atraentes do que os participantes do grupo de controle (que tinham tomado a bebida sem álcool).
A New Scientist destaca como surpreendente o fato de que os resultados não se aplicaram apenas ao sexo oposto, ou seja, homens que haviam tomado álcool também consideraram os homens nas fotografias mais atraentes, assim como as voluntárias, em relação às mulheres fotografadas.
Esse último dado vai além dos resultados de um estudo anterior feito pela Universidade de Glasgow, na Escócia, no qual o efeito do álcool na percepção da beleza só havia sido verificado entre homens olhando para fotografias de mulheres e vice-versa.

Segundo a revista, Munafò pretende estudar como o efeito varia de acordo com a quantidade de álcool ingerida, embora, por questões éticas, não possa estudar o efeito de doses que fazem com que as pessoas não consigam mais focar nos rostos.
Um outro estudo citado pela revista, realizado na Universidade de Yale, indica que as pessoas também tendem a assumir comportamentos sexuais mais arriscados depois de beber, o que poderia ser explicado pelo fato de o álcool baixar as inibições das pessoas “por meio de um efeito direto no cérebro ou ao oferecer uma desculpa conveniente para esse tipo de comportamento”.

11 de Agosto – ESTÁ FRACO(A), AMIGO(A)?

agosto 11, 2008

Clara: força nos músculos

Deixe as gemas de lado e dê preferência às claras para ter braços e pernas mais fortes
Por Cesar Candido dos Santos

Durante décadas, o ovo foi tratado como o grande vilão daqueles que desejavam manter um coração saudável. No entanto, recentes pesquisas, como a realizada pela Universidade de Minnesota, nos Estados Unidos, que contou com a participação de mais 9.734 voluntários, provaram não existir relação entre o consumo regular de ovos com o surgimento das doenças cardiovasculares.
Além disso, os ovos são valiosas fontes de proteínas e ajudam a desenvolver e fortalecer os músculos, que são constituídos basicamente deste nutriente. “O ovo, principalmente a clara, é uma das fontes de proteína de mais alto valor biológico e também é um alimento barato”, disse a nutricionista Janete Neves, responsável técnica da Clínica Esportiva. “Além de ajudar a fortalecer os músculos, as claras possuem vitamina B2, que auxiliam no transporte do oxigênio e aumentam a resistência durante as atividades físicas”, completou Janete.
“Não adianta só comer ovo e pensar que vai ficar forte. É preciso ter uma rotina regrada de exercícios e uma alimentação balanceada para que os resultados apareçam”, afirmou Giovanna Duarte, nutricionista graduada pela Unesp, que orientou o consumo apenas das claras para aqueles que visam o fortalecimento muscular. “As gemas também possuem grande importância nutricional, mas são ricas em colesterol e não são indicadas, principalmente, para aqueles que possuem índice de gordura corporal elevado. Uma pessoa pode comer até 12 claras durante um dia, já a mesma quantidade de gemas não é recomendada”, falou.
Um ou uma dúzia?
A quantidade de claras de ovo ingeridas durante um dia pode variar conforme o peso do atleta e o tipo de exercício praticado, mas Janete explicou que existe uma regra básica. “O recomendo é que a pessoa ingira de 1,5 a 2 g de proteína para cada quilo do peso corporal por dia. Cada 100 g de clara possui em média 13 g de proteínas”.
A alimentação com as claras, de preferência cozidas, pode ser feita normalmente durante as refeições, e antes ou após a prática de exercícios, dependendo do tipo de treinamento. “Nos treinos curtos, com no máximo 40 minutos de duração, o atleta deve consumir a proteína antes, sempre com carboidrato. Já nos treinos mais longo, é preferível fazer a ingestão das claras depois”, orientou Janete.
“Pratico ciclismo há três anos e uma das minhas maiores dificuldades sempre foi conseguir manter uma alimentação correta durante a semana, pois o trabalho nem sempre permite isso. Além de barato, o ovo é uma opção prática, pois pode ser trazido de casa ou facilmente encontrado em qualquer restaurante”, disse Rogério Cardoso, 34 anos, funcionário público.
Sem exageros
Apesar de contribuir para o fortalecimento dos músculos, o consumo excessivo de claras de ovo ou qualquer outro tipo de proteína deve ser evitado, pois pode provocar o desenvolvimento de problemas renais e hepáticos, além de engordar.

07 de Agosto – “VAI PRESO(A) IGUAL” HEHEHEHEH!!!!

agosto 7, 2008

Pesquisa diz que homens traem pelo “efeito novidade” e mulheres, por vingança
Tatiana Pronin

A maior parte dos homens trai porque adora uma novidade. No caso das mulheres, o principal incentivo para a infidelidade é o desejo de se vingar. A conclusão é de uma pesquisa feita pelo psicólogo Thiago de Almeida, da USP (Universidade de São Paulo), com 900 pessoas (355 homens e 544 mulheres).
Os entrevistados, de idades e classes sociais variadas, eram pacientes do Instituto de Psicologia da USP ou do consultório de Almeida e tinham buscado ajuda justamente pela aflição de terem sido trocados por outro.
Para felicidade dos homens, 90% das mulheres ouvidas são (ou se dizem) fiéis. Já entre eles (e para desespero delas), o percentual de fidelidade é bem menor: 60%.
Para o pesquisador, o resultado traz uma mensagem otimista: “Há mais fiéis do que infiéis, o que contraria a crença de muita gente e o que a própria ciência prediz para o ser humano”, diz, referindo-se a teorias evolucionistas sobre a inclinação natural do homem para a poligamia.
Outra boa notícia, para o psicólogo, é que nem todas as pessoas traídas pagam com a mesma moeda. “Em alguns casos, até por saber o quanto dói ser traído, a pessoa decide que não quer transferir a sofrimento para o outro”, analisa.

Justificativas para a escapada
Em estudo anterior, Almeida já havia pesquisado a relação entre ciúme e infidelidade. Dessa vez, ele decidiu avaliar as justificativas de homens e mulheres para a “pulada de cerca”.
O “efeito novidade” foi a resposta de 35% dos homens e a segunda mais citada pelas mulheres. Segundo o pesquisador, é o que os cientistas chamam de “efeito Coolidge”, em alusão ao ex-presidente americano Calvin Coolidge (1872-1933). Dizem que ele e a mulher, certa vez, visitaram uma fazenda separadamente. Ao saber que um boi copulava 17 vezes ao dia, a primeira-dama se impressionou. “Digam isso ao presidente”, teria pedido ela aos assessores. Ao ser informado, Coolidge também ficou curioso e descobriu que as cópulas eram sempre com vacas diferentes. Então o presidente teria replicado: “Contem isso para minha mulher”.

‘Trair por trair’
Além de buscar o novo ou se vingar, o caráter lúdico da sedução também é um argumento freqüente entre os infiéis: 19,6% dos homens e 11,3% das mulheres. “São pessoas que traem apenas por trair; gostam do que fazem e não pensam no bem-estar do outro”, descreve o psicólogo.
A carência física ou emocional também contou para 7,7% deles e 15,5% delas. Outra justificativa apontada para a infidelidade, que em parte se parece com a retaliação, é o que o pesquisador classifica como desespero. “São pessoas frágeis ou inseguras que ficam desapontadas por algum problema ocorrido entre o casal e acabam traindo, mas depois se arrependem desse descontrole emocional”, explica.
Alguns entrevistados de ambos os sexos relataram, ainda, que a traição é uma forma de sentirem-se revitalizados na meia-idade: 4,5% das mulheres e 1,4% dos homens admitiram que esse foi o estopim para saírem com outra pessoa.

03 de Agosto – ATÉ NISSO SÓ DA AS MORENAS?

agosto 2, 2008

Mulheres morenas ganham mais que loiras, diz pesquisa

Catherine Zeta-Jones foi citada entre as morenas que mais sobem na vida profissional e têm mais sorte na vida amorosa

 

Uma pesquisa realizada com 3 mil mulheres sugere que as morenas ganham mais dinheiro do que as loiras. Segundo o levantamento, conduzido pela empresa de cosméticos Schwarzkopf & Henkel, as morenas ganham anualmente, em média, cerca de £4,2 mil libras (R$12,9 mil) mais do que as loiras.
Além disso, os resultados apontam ainda que as morenas são mais bem sucedidas na vida amorosa.
De acordo com a pesquisa, 44% das morenas naturais ou que pintam os cabelos afirmaram que a cor dos cabelos ajudou no sucesso com o parceiro – uma diferença de 10 pontos percentuais com relação às loiras (34%) que afirmaram o mesmo.
Entre as morenas, 20% afirmaram que tiveram pelo menos cinco relacionamentos amorosos no passado, comparados com apenas 13% das loiras entrevistadas na pesquisa.
“As morenas estão subindo na vida profissional mais rápido e têm mais sorte na vida amorosa, o que pode explicar o sucesso de artistas como Catherine Zeta-Jones e Kelly Brook”, afirma Camila Lobo-Guerrero, porta-voz da empresa.

Impacto
O levantamento sugere ainda que a cor dos cabelos afeta a percepção das mulheres sobre a vida e sua auto-estima – uma em cada sete mulheres entrevistadas afirmou que se sentia mais sensual quando pintava os cabelos.
Segundo os resultados, a principal razão pela qual as mulheres decidem mudar o tom do cabelo é porque não gostam da cor natural das madeixas e tentam pelo menos três cores diferentes ao longo da vida.
A pesquisa indica que o vermelho é a primeira tonalidade testada pela grande maioria das mulheres, mas é a cor que as mulheres passam menos tempo usando – em média, ficam dois anos com os cabelos ruivos.
Já aquelas que optam por pintar o cabelo de preto, diz o levantamento, ficam pelo menos três anos com a mesma tonalidade. Com os tons marrons, a maioria fica com os cabelos pintados cerca de quatro anos.
De acordo com a sondagem, os tons loiros são os que as mulheres passam mais tempo usando e são capazes de passar em média seis anos pintando os cabelos desse tom com freqüência.

30 de Julho – FEZES DE PORCOS GERAM ENERGIA…

julho 30, 2008

Copel vai gerar energia a partir de fezes de porcos 

 

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) autorizou a Copel a iniciar projeto piloto para produzir energia elétrica a partir do biogás gerado pelas fezes de porcos. A permissão foi dada nesta terça-feira (29).

 

Segundo o diretor-geral da Aneel, Jerson Kelman, o projeto deverá ser instalado na região do lago da hidrelétrica de Itaipu e poderá gerar o equivalente a 270 quilowatts (kw). Essa energia, de acordo com cálculos de técnicos da agência, é suficiente para abastecer cerca de 50 residências.

 

Kelman ressaltou que o projeto é particularmente importante por conciliar geração de energia com iniciativas para reduzir a dispersão desses dejetos. “Unir a despoluição dos rios à geração de energia elétrica é marcante para a sustentabilidade ambiental”, disse.

29 de Julho – AQUI NO BRASIL É NORMAL A CACHORRADA NA POLÍTICA

julho 29, 2008

Cachorro é candidato a prefeito em cidade nos Estados Unidos

 

 

O labrador Willie Bean Roscoe P. Coltrane concorre à prefeitura de Fairhope (Alabama).

‘Precisamos de sangue novo’, comemora um dos eleitores do animal.

Da Associated Press

 

Um dos candidatos à prefeitura de Fairhope (Alabama, EUA) na próxima eleição é consideravelmente mais peludo que os outros. Ele também tem duas pernas a mais que os concorrentes e um rabo que não pára de balançar. Ele é Willie Bean Roscoe P. Coltrane, um cão labrador de 7 anos de idade.

Willie foi inscrito como candidato por sua dona, Tress Turner, de 43 anos. Ela tem uma cafeteria na cidade e era “politicamente neutra” – até que um dos candidatos colocou uma placa em frente a seu estabelecimento comercial.

Tress não gostou e, depois que os diálogos com o candidato fracassaram, resolveu lançar seu próprio cachorro como concorrente.

Mas Willie Bean talvez não tenha nascido para a política. “Quando um cachorro pequeno late, ele corre”, diz a dona.

O comitê eleitoral de Willie Bean funciona na cafeteria de Tress. É lá que os eleitores do cão labrador podem comprar camisetas e placas com a imagem do candidato. “Eu acho que ele vem para somar”, diz Vince Kilborn, de 66 anos. “Precisamos de sangue novo”, comemora.

Julie Ford, que trabalha como voluntária em um abrigo de animais da cidade, diz que Willie Bean está subestimando suas capacidades. “Ele deveria se lançar como presidente”, diz a senhora de 61 anos.