Archive for the ‘Meio Ambiente’ Category

25 de Setembro – CUIDANDO DO MEIO AMBIENTE

setembro 25, 2008

Brasil é líder mundial na reciclagem de latas, diz OIT; setor emprega 500 mil

 

O Brasil é o líder mundial na reciclagem de latas de alumínio, setor que emprega cerca de 170 mil brasileiros. Todo o campo da reciclagem e o gerenciamento de dejetos gera cerca de 500 mil postos de trabalho no país. Os dados são do relatório “Empregos Verdes: Trabalho Decente em um mundo sustentável e com baixas emissões de carbono”, divulgado nesta quarta (24) pela OIT (Organização Internacional do Trabalho).

Nas próximas décadas, o estudo diz que os investimentos em energias alternativas deve criar mais de 20 milhões de “empregos verdes” — em biocombustíveis, são 12 milhões.

Empregos verdes são postos de trabalho que reduzem o impacto ambiental das empresas e do setor econômico até níveis sustentáveis.

 

Reciclagem

Em 2006, foram recolhidas no país cerca de 10,3 bilhões de latas de alumínio. Cerca de 96% das embalagens desse tipo são recicladas no Brasil. Segundo dados de 2005, havia quase 2.400 organizações que atuavam na reciclagem e no comércio de dejetos metálicos — na maioria dos casos, são empresas pequenas ou microempresas.

O mesmo relatório diz que a reciclagem está incluída em áreas em que os postos de emprego gerados podem ser “sujos, perigosos e difíceis”, mas aponta o Brasil como pioneiro “na melhoria dos empregos relacionados com a reciclagem”.

 

Os principais problemas são os baixos salários, insegurança nos contratos de trabalho e exposição a materiais perigosos, que vêm sendo solucionados no país com a formação, em nível nacional, de cerca de 500 cooperativas, envolvendo 60 mil de catadores de lixo. No Brasil, 90% do material reciclável é recuperado por esses profissionais.

O estudo aponta também que o país tem altas taxas de reciclagem em outros produtos: são recicladas 49% das latas de aço, 48% dos plásticos PET, 46% das embalagens de vidro, 39% dos pneus e 33% do papel.

 

Efeitos negativos

A pesquisa diz que o processo de mudanças climáticas continuará tendo efeitos negativos sobre alguns trabalhadores, em especial os que trabalham com agricultura e do turismo.

O relatório afirma ainda que são criados poucos empregos verdes para os mais vulneráveis, ou seja os cerca de 1,3 bilhão de trabalhadores pobres (43% da força de trabalho mundial) do mundo.

13 de Maio – SALVANDO O PLANETA

maio 13, 2008

Ajude a salvar o planeta começando pela sua casa! (Informação: Reciclagem Jeniffer em Loanda 3425 – 1575)

Muito tem se falado nos últimos anos sobre pequenas atitudes que você pode ter para reduzir a destruição do planeta. Por isso, reunimos uma lista de ações simples que você pode adotar no seu dia-a-dia:
1. Separe o lixo da sua casa, coloque os plásticos, pets, alumínio e vidro em recipientes distintos e leve a um local de reciclagem, caso não haja coleta seletiva na sua rua.2. Esqueça o stand-by: desligue ou tire da tomada os equipamentos eletrônicos quando não estiver usando para economizar com os gastos de energia elétrica.
3. Troque suas lâmpadas incandescentes por fluorescentes, que reduzem o consumo de energia, ajudando o planeta e o seu bolso.
4. Quando for ao supermercado, evite utilizar sacolas plásticas derivadas de petróleo, que são difíceis de reciclar e levam centenas de anos para se decompor. Leve uma sacola de tecido ou um carrinho ou opte por carregar as compras em caixas de papelão.
5. Não lave a calçada com mangueira. Se for preciso, use água da chuva ou de reuso.
6. Não deixe torneiras e chuveiros abertos desnecessariamente. Tome banhos rápidos e quando estiver escovando os dentes ou fazendo a barba, por exemplo, feche a torneira.
7. Não deixe o celular carregando mais do que o tempo necessário.
8. Não jogue o óleo usado na cozinha diretamente no ralo da pia, isso entupe a rede de esgoto e contamina os rios. Coe-o e guarde-o em uma garrafa pet ou vidro e, quando encher, entregue para uma entidade ou pessoas que fazem sabão com o óleo usado.
9. Evite descartar pilhas e baterias no lixo doméstico.
10. Componentes eletrônicos como computadores e celulares também não devem ser jogados no lixo, pois têm uma imensa dificuldade de se degradar na natureza, além de muitos deles conterem substâncias tóxicas. Já existem empresas que recolhem esses aparelhos em casa.
11. Evite usar a impressora, a não ser que seja realmente necessário ter a informação impressa. Nesse caso, prefira sempre usar papel reciclado.
12. Verifique se não há nenhum vazamento na casa, inclusive na descarga do banheiro.
13. Para evitar o desperdício, instale uma válvula para regular a quantidade de água liberada no seu vaso sanitário ao acionar a descarga.
14. Doe as coisas que você não queira ou não use mais, como livros, por exemplo.
15. Procure utilizar lâmpadas com sensores na entrada da casa, assim você evita que esqueçam as luzes acesas à noite.
Fonte: IG casa

10 de Abril – RECICLAGEM JENNIFER EM LOANDA

abril 9, 2008

Reciclar é a palavra de ordem do mundo.

Estamos vivendo dias de tremenda preocupação com nosso meio ambiente. Loada está de parabéns. A Reciclagem Jennifer, do meu amigo André, tem feito um trabalho excelente no município. Você pode ajudar também. RECICLE! Separe seu lixo em casa. Dúvidas para começar a reciclar? Ligue: (44) 3425 – 1575 – (44) 9903 – 2147 – André

Tempo de Decomposição de alguns Materiais:

PAPEL: de 3 a 6 meses
PANO: de 6 meses a 1 ano
CHICLETE: 5 anos
FILTRO DE CIGARRO: 5 anos
MADEIRA PINTADA: 13 anos
NYLON: mais de 30 anos
LATA DE ALUMÍNIO: de 80 a 100 anos
METAL: mais de 100 anos
PLÁSTICO: mais de 100 anos
VIDRO: 1 milhão de anos
BORRACHA: indeterminado

Fonte: Instituto Gea

28 de Março – SACOLAS PLÁSTICAS INIMIGAS DO MEIO AMBIENTE

março 28, 2008

A leitora, amiga, Raquel quer saber o que a sacola plástica (de mercados) pode causar no meio ambiente. Nós respondemos:

sacolas-plasticas.jpg

SACOLAS PLÁSTICAS
Esse produto aumenta em até 20% o volume do lixo, embora sua massa corresponda a apenas 4% dos resíduos. Outros inconvenientes são o fato de a sacola ser impermeável e demorar até 300 anos para se decompor – e emitir gases ao longo desse processo.
Descartada no ambiente, por ser maleável e leve, o saco plástico contribui também para entupir bueiros e facilitar enchentes nas cidades. Nas áreas verdes, rios e mares é comum encontrar animais mortos por asfixia e ingestão das embalagens.
Problema mundial
No mundo são consumidos 500 bilhões de sacolas por ano. A utilização da embalagem plástica em larga escala cresceu na segunda metade do século passado e em especial na década de 70, quando substituiu o saco de papel.
Os brasileiros jogam fora, todos os meses, um bilhão de sacolinhas. Em média, são 66 unidades por ano para cada consumidor.

21 de Março – LIVRO SOBRE MEIO AMBIENTE

março 20, 2008

livro-meio-ambiente.jpg

Confira dez idéias simples para melhorar o ambiente
Deixar de se barbear no final de semana, só comprar móveis de madeiras reflorestadas e adquirir tapetes de fibras naturais são algumas das idéias que podem ajudar a salvar o planeta de um caos ambiental.
As dicas são de Joanna Yarrow, autora de 1001 Maneiras de Salvar o Planeta.
O livro apresenta sugestões variadas para proteção da Terra. Algumas são simples e implicam em meras modificações nos hábitos pessoais, que, repetidos diariamente, têm um impacto muito grande ao longo do tempo.
1001 Maneiras de Salvar o Planeta
Autora: Joanna Yarrow
Editora: Publifolha
Páginas: 384
Quanto: R$ 32
Onde comprar: nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou pelo site da Publifolha

22 de Fev – SEPARE O LIXO RECICLAVEL

fevereiro 22, 2008

lixo-ii.jpg 

Estamos fazendo uma campanha na nossa cidade para concientizar a população a separarem o lixo reciclável. Coloquem em sacos separados para facilitar a vida dos trabalhadores da Associação que estamos montando aqui. Isso vai nos ajudar muito. Participe! Oriente seus vizinhos que não tem acesso a internet. Ajude a mudar a vida de pessoas. Cuide do Meio Ambiente. A Natureza agradece.

15 de Fev – SACOLAS PLÁSTICAS E O RISCO AMBIENTAL

fevereiro 14, 2008

Desde que foram inseridas no mercado na década de 1980, as sacolas plásticas acumulam-se no planeta, sem terem muita utilidade de reciclagem, pois o plástico deste material é muito barato, portanto seu valor no mercado de reciclagem é muito baixo.
O Brasil produz em média cerca de 210 mil toneladas de plástico filme matéria-prima dos saquinhos plásticos. O número representa cerca de 10% do lixo do país, sendo que os aterros ou lixões estão no total limite.
O povo brasileiro no afã de economizar em tudo reutiliza as sacolas plásticas como forma de abrigar os lixos domésticos, contudo o ciclo de vida do plástico é estimado em 200 anos em média ou como dizem muitos podem chegar a 450 anos, portanto ele não se degrada tão cedo no ambiente.
Estima-se que cerca de 300 milhões de sacolas plásticas saem todos os dias do comércio e passam por nossas casas tendo como triste fim a poluição do meio ambiente.
Segundo pesquisas efetuadas pelo IDEC e entrevistas de dirigentes de supermercados, as mesmas demonstram que cabe o consumidor efetuar a escolha se acha mais viável sacolas de papel, sacolas de pano, caixas, etc.
Em contrapartida, como pode o consumidor efetuar opções se a maioria não sabe que as referidas sacolas plásticas ocasionam danos ao meio ambiente. O ponto fundamental é que além de campanha educativa sobre as conseqüências dos referidos danos ambientais, é necessário haver uma mudança comportamental, sendo necessário uma colaboração mútua entre empresas, governos e consumidores.
Que o presente artigo possa dar início à conscientização dos prejuízos que a sacola plástica efetua no planeta e a necessidade emergencial de mudanças.

14 de Fev – RECICLAR É A PALAVRA

fevereiro 13, 2008

Quantas e quantas vezes você tem ouvido falar sobre Desenvolvimento Sustentável ultimamente, não é mesmo?Desenvolvimento Sustentável nada mais é do que desenvolver sem esgotar os recursos para o futuro. Como isso é possível? Entre outras coisas, mudando hábitos simples e começando a reciclar e/ou reutilizar.
Primeiro passo: separe seu lixo. Muito do que você joga fora pode ser reaproveitado.  Latas limpas e sem resíduos podem ser recicladas; portanto, nada de jogar fora as latas de leite em pó, de óleo, etc.
Papéis sem gordura ou restos de comida também podem – e devem!- ser reciclados. Papel de fax, folhas de rascunhos, jornais, revistas e caixas em geral devem servir para a criação de novos recursos sempre.
Frascos e potes bem limpos também já não são mais lixo. Sacos plásticos, embalagens de refrigerantes e material de limpeza; e até os copinhos de café devem ir para reciclagem.
Copos, garrafas e qualquer embalagem de vidro devem ser enviadas para reciclar, evitando o desgaste de recursos do planeta. Na hora de comprar, escolha sempre empresas comprometidas com o desenvolvimentos sustentável.

* Estaremos hoje no lixão da nossa cidade para fotografar o local e mostrar a população que é necessário separar o lixo reciclável do orgânico. 

10 de Fev – PERIGO A VISTA

fevereiro 10, 2008

A floresta amazônica poderia “morrer” em 50 anos por causa de mudanças climáticas provocadas pelo homem, sugere um estudo internacional publicado na revista especializada “Proceedings of the National Academy of Sciences”.
Segundo o estudo, muitos dos sistemas climáticos do mundo poderão passar por uma série de mudanças repentinas neste século, por causa de ações provocadas pela atividade humana.
Os pesquisadores argumentam que a sociedade não se deve deixar enganar por uma falsa sensação de segurança dada pela idéia de que as mudanças climáticas serão um processo lento e gradual.
“Nossas conclusões sugerem que uma variedade de elementos prestes a ‘virar’ poderiam chegar ao seu ponto crítico ainda neste século, por causa das mudanças climáticas induzidas pelo homem”, disse o professor Tim Lenton, da Universidade de East Anglia, na Inglaterra, que liderou o estudo de mais de 50 cientistas.
O bicho homem pensa que tudo é eterno. Estão completamente enganados. precisamos mudar nosso comportamento em relação ao meio ambiente, começando educar nossos filhos.