Archive for the ‘Política’ Category

30 de Setembro – LULA É SÓ ALEGRIA: O POVO SABE O QUE QUER

setembro 30, 2008

Lula atinge aprovação recorde de 80% em pesquisa

 

Levantamento CNI/Ibope aponta 69% de aprovação ao governo. Somente 8% consideram governo ruim ou péssimo

 

A pesquisa CNI/Ibope divulgada nesta segunda-feira (29) registrou o novo recorde de avaliação do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. Ele atingiu 80% de aprovação de sua atuação como presidente, sendo que, no Nordeste, este índice chega a 92%. O índice de confiança no presidente chegou a 73%, enquanto o governo Lula também atinge alto grau de aprovação: 69%. O Ibope ouviu 2002 eleitores em 141 municípios do país entre os dias 19 e 22 de setembro. A pesquisa tem margem de erro de 2%.

A aprovação ao presidente alcançou 80% neste mês após ter registrado 72% em junho. Além do excelente desempenho no Nordeste, Lula registra alta aprovação entre os que recebem até um salário mínimo: 87%. Nas faixas de maior renda, o resultado positivo é menor, mas, mesmo assim, a maioria aprova Lula: 56%. Entre todos os pesquisados, apenas 17% desaprovam a atuação do presidente.

 

63% já escolheram candidato a prefeito; 30% só definem na última hora

O índice de confiança no presidente também está em ascensão. Ele atingiu 73% de índice de confiança, após ter registrado 68 em junho. Na série histórica, é o melhor resultado do presidente desde 2003, quando chegou a registrar 80% em março.

O governo, por sua vez, atingiu sua melhor avaliação desde a posse, com os 69%. Para 23% dos pesquisados, a administração Lula é regular, e somente 8% classificam como ruim ou péssima. Na série histórica do Ibope, a avaliação só perde para o governo do ex-presidente e atual senador José Sarney (PMDB-AP), que registrou aprovação de 72%, em setembro de 1986.

A nota média do governo Lula também bateu recorde desde a posse. Os brasileiros deram nota 7,4 para o presidente em uma escala de zero a 10. Em março, Lula recebeu nota 7.

Em uma comparação entre as duas administrações do presidente, 48% acham que o segundo mandato é melhor, e apenas 11% enxergam piora. Para 39%, as duas administrações são iguais.

Anúncios

23 de Setembro – “RINDO A TOA” ESTE É O MEU PRESIDENTE

setembro 23, 2008

Governo do presidente Lula atinge melhor avaliação desde 1998, diz CNT/Sensus

 

O governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva registrou em setembro deste ano a melhor avaliação positiva na história da pesquisa CNT/Sensus, realizada desde 1998. Segundo a pesquisa divulgada hoje, o governo Lula recebeu avaliação positiva de 68,8% dos entrevistados, contra 6,8% que o avaliaram negativamente. Entre os entrevistados, 23,2% avaliaram o governo Lula como regular.

 

Na última edição da pesquisa CNT/Sensus, em abril deste ano, a avaliação positiva do governo era de 57,5% –um crescimento de mais de dez pontos percentuais. A avaliação negativa foi de 11,3% em abril, enquanto a regular chegou a 29,6%. Em janeiro de 2003, a avaliação do governo chegou a 56,6%, depois registrou queda. Mas voltou a crescer desde o início deste ano, já em seu segundo mandato.

A avaliação pessoal do presidente Lula também subiu de 69,3% para 77,7% entre abril e setembro deste ano. Somente 16,6% desaprovaram o presidente, enquanto 5,7% não responderam. Os índices de popularidade de Lula só perderam, em setembro de 2008, para as avaliações de sua popularidade registradas em 2003 –o ano em que foi empossado no cargo– quando obteve 83,6% de aprovação.

 

O diretor do Instituto Sensus, Ricardo Guedes, disse que a popularidade recorde do governo Lula é conseqüência de políticas adotadas nas áreas econômica e social. “Isso repousa na economia e na redução dos problemas sociais, estabilidade econômica, poder de compra e salário mínimo. Se criou uma estabilidade no campo econômico validada com a presença do vice-presidente José Alencar no governo, que é empresário”, afirmou Guedes.

Na avaliação do diretor do Sensus, a popularidade do presidente Lula mostra que ele se tornou o maior cabo eleitoral do país. “Ele é o grande cabo eleitoral, tem força de transferência de voto, mas o candidato tem que ser palatável politicamente”, afirmou.

 

A pesquisa CNT/Sensus foi realizada entre os dias 15 e 17 de setembro em 136 municípios de 24 Estados. Foram ouvidas 2.000 pessoas A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou menos.

08 de Setembro – ELEIÇÕES 2008

setembro 8, 2008

FALTAM 28 DIAS PARA MUDARMOS A HISTÓRIA DA NOSSA CIDADE. MUDE A HISTÓRIA DA SUA.

22 de Agosto – CONTA BLOQUEADA

agosto 22, 2008

Requião tem contas bloqueadas pela Justiça

O desembargador Edgard Lippmann Junior, do Tribunal Regional Federal, determinou o bloqueio de R$ 50 mil das contas pessoais do governador 

  

Requião esteve em Londrina nesta quinta-feira, mas não quis falar com a imprensa sobre o assunto.

Acatando pedido do Ministério Público Federal (MPF), o desembargador Edgard Lippmann Junior, do Tribunal Regional Federal da 4º região (TRF4), determinou o bloqueio de R$ 50 mil das contas pessoais do governado Roberto Requião (PMDB).

 

A indisposição do valor refere-se a primeira ação do MPF, de janeiro, que pedia a suspensão da veiculação da ‘Escola de Governo’ pelas Rádio e Televisão Educativa do Paraná. Pela ação, o governador fazia mau uso dos veículos desferindo “agressões morais a seus desafetos, instituições e meios de comunicação social”.

 

Mesmo com a suspensão, Requião continuou atacando os órgãos em questão até ser multado em R$ 200 mil e, bravamente, respondeu “multem à vontade, mas meu silêncio não vão conseguir.”

 

No despacho, o desembargador Lippmann argumenta estar “diante de angustiante dilema, ou o Poder Judiciário assiste passivamente o comportamento de sua Excelência (Roberto Requião), completamente desvestido de qualquer equilíbrio e bom senso, (…) ou então, atua de maneira a impor aos jurisdicionados o império da lei e da Justiça”.

 

19 de Agosto – É HOJE. FIM DO NEPOSTISMO

agosto 19, 2008

Quarta-feira o bicho pega.

 

Os ministros do STF vão votar o fim do nepotismo nos Três Poderes – ou seja, políticos não poderão contratar seus parentes. Juízes também não. Promotores públicos idem.

 

Com isso, muitos parentes de vereadores terão que ser dispensados.

19 de Agosto – NÓS JÁ FALAMOS SOBRE ISSO

agosto 19, 2008

TERÁ QUE CUMPRIR

 

A Câmara de Vereadores de Manaus (AM) aprovou uma emenda à Lei Orgânica do Município que obrigará o novo prefeito a cumprir as promessas feitas durante a campanha.

Pela emenda, o novo prefeito terá 90 dias após a posse explicar de que forma vai cumprir o que prometeu durante a campanha eleitoral.

A cada seis meses sua administração será avaliada. “Se o prefeito não estiver cumprindo o que prometeu durante a campanha, a Câmara poderá iniciar o processo de cassação dele”, diz o presidente do legislativo municipal, Leonel Feitoza (PMDB), autor da proposta.

*Por que ninguém pensou nisso antes? Podia ser lei federal.

*Será que os vereadores de Maringá teriam coragem – ainda dá tempo – de copiar a idéia?

19 de Agosto – ELEIÇÕES 2008

agosto 19, 2008

Faltam 49 dias para as eleições 2008.

O horário eleitoral gratuito começou. O eleitor poderá conhecer seu candidato um pouco mais. Muita atenção é o princípio básico para saber se os candidatos estão falando a verdade.

18 de Agosto – OLHA A DATA

agosto 18, 2008

Hoje é dia 18/08/2008. Faltam 50 dias para as eleições. Se você errar na hora do voto sua vida pode parar por mais quatro anos. Não vote em corruptos. Vote em quem você conhece e que trabalha pela sua cidade.

VOTO NÃO TEM PREÇO. VOTO TEM CONSEQUENCIA!!!

Você esperou 4 anos para dar o troco. Chegou a sua hora. Promessas serão muitas, mas você já conhece quem pode cumprí-las. Vote!

15 de Agosto – ELEIÇÕES 2008

agosto 15, 2008

Faltam 52 dias para as eleições 2008. Você poderá escolher seu candidato a vereador e a prefeito. É preciso lembrar que este teu voto é muito importante para a mudança da sua cidade. Vote em quem você já conhece. Sabe o passado desta pessoa. Não venda seu voto. Tem candidato que paga dentadura, cesta b´´asica, jogo de camisa, bola, e tudo para comprar o voto. Estas pessoas não merecem seu voto. Você vende seu voto hoje e amanhã não poderá cobrar nada dele.

VOTO NÃO TEM PREÇO. VOTO TEM CONSEQUENCIA!!!

O momento é seu eleitor. Eleja pessoas que estão preocupadas com sua vida e sua cidade. E Deus te abençoe.

13 de Agosto – ATENÇÃO ELEITORES: LEIAM ESTA MATÉRIA

agosto 13, 2008

Maioria dos eleitores não acredita em eleições limpas no Brasil, diz Vox Populi

A maioria dos eleitores considera que os políticos não cumprem as promessas que fazem, usam a política em benefício próprio e também afirmam que as eleições no Brasil não são feitas de maneira limpa. Esse é o resultado de uma pesquisa feita pelo instituto Vox Populi a pedido da AMB (Associação dos Magistrados Brasileiros).
Para 82% dos eleitores, a maioria dos políticos eleitos não cumpre promessas feitas durante a campanha. Além disso, 85% consideram a política como uma atividade que só beneficia os próprios políticos, e não o povo.
Ainda segundo a pesquisa, 52% dizem que os resultados das eleições não são alcançados de “maneira limpa, sem fraudes” e com resultados confiáveis. Apenas 30% avaliam que as eleições são limpas e outros 18% não manifestaram opinião.
O presidente da AMB, Mozart Valadares Pires, disse acreditar que a questão das fraudes está relacionada a casos de uso da máquina administrativa para beneficiar candidatos e não a fraudes na votação, embora esse entendimento não esteja explicitado na pesquisa, feita por meio de questionários.
“Quando ele falou de fraude, falou no uso da máquina administrativa e do poder econômico durante o período eleitoral. São atos ilícitos para beneficiar determinados candidatos”, afirmou.
Pires destaca que, apesar desse descrédito, 51% disseram que iriam votar e 11% afirmaram que provavelmente votariam mesmo que o voto não fosse obrigatório. Outros 30% afirmavam que não votariam se não fossem obrigados.

Corrupção
Apesar de considerar que o resultado das eleições não é muito confiável, a maioria dos eleitores afirmou desconhecer casos de corrupção.
A maioria dos entrevistados (69%) afirmou não conhecer casos de compras de votos. Se soubessem, 44% denunciariam com certeza e 16% “provavelmente denunciariam” o candidato.
Outros 22% disseram que não fariam a denúncia, enquanto 13% provavelmente não denunciariam.
Não houve perguntas sobre a questão da ficha suja de candidatos que respondem a processos, porque a pesquisa também foi feita em parceria com o TSE (Tribunal Superior Eleitoral).
Na semana passada, uma pesquisa apenas da AMB mostrou que 88% não votariam em candidatos que respondem a processos na Justiça.

Partido x pessoa
A pesquisa também mostra que o partido político tem pouco peso na escolha do eleitor. Apenas 10% dos eleitores afirmaram que escolherão os candidatos nas próximas eleições mais pelo partido, enquanto 76% levarão em conta “mais a pessoa”.
Na escolha do candidato, o critério considerado mais importante foi a proposta de trabalho, seguido pelos benefícios para a sua comunidade e a experiência do político. Esses três critérios são considerados importantes ou muito importantes para cerca de 90% dos entrevistados.
Já o partido político tem importância apenas para 54% dos eleitores.

Responsabilidades
Em relação às obrigações dos políticos, um dado mostra uma tendência dos eleitores de quererem obter benefícios pessoais junto aos políticos eleitos.
Cerca de 95% dos entrevistados disseram considerar como obrigações dos vereadores discutir e aprovar leis e fiscalizar as contas das prefeituras.
Mais de 80% também listaram como obrigações, no entanto, ajudar a resolver problemas com órgão públicos e pagar despesas de hospital e enterro para pessoas necessitadas.
Em relação aos prefeitos, essas questões sobre assistencialismo são destacadas por cerca de 85% dos entrevistados.
O levantamento foi realizado entre os dias 27 de junho e 6 de julho, com 1.502 pessoas em todo o país. A margem de erro é de 2,5 pontos percentuais.

13 de Agosto – ELEIÇÕES 2008

agosto 13, 2008

Faltam 54 dias para as eleições. Você poderá escolher os homens e mulheres para representar suas cidade. Muito cuidado. É importante sua participação. Na sua cidade tem muita gente pagando churrasco, dentaduras, cadeiras de roda, gasolina, material de construção? DENUNCIE! Grave alguma imagem pelo seu celular e envie para o forum da sua cidade. É proibido, segundo a Lei 9.840. www.lei9840.gov.br

É muito importante sua denuncia.

Voce sabia que se houver uma denuncia contra candidatos que tentam comprar votos ele não assume a cadeira de vereador se ganhar. Olha só a sua força. Ajude a sua cidade. Não eleja estes corruptos.

12 de Agosto – ELEIÇÕES 2008

agosto 12, 2008

Faltam apenas 55 dias para elegermos nossos vereadores e  prefeito.

VOTO NÃO TEM PREÇO. VOTO TEM CONSEQUENCIA.

11 de Agosto – ELEIÇÕES 2008 – CALENDÁRIO ELEITORAL

agosto 11, 2008

TSE define calendário para horário eleitoral gratuito

Serão 60 minutos diários de programa. Às segundas, quartas e sextas, falam os candidatos a prefeito. Terças, quintas e sábados é a vez dos vereadores 
 
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realiza terça-feira (12) o sorteio da ordem da apresentação dos candidatos a prefeito e vereador nos programas de propaganda eleitoral gratuita no rádio e na televisão. A propaganda gratuita começa no dia 19 deste mês e termina no dia 2 de outubro, três dias antes das eleições.
A resolução do TSE que regulamenta a propaganda eleitoral no rádio e na televisão estabelece 60 minutos diários para os partidos políticos, divididos em dois blocos.
O tempo de cada um será definido da seguinte forma: um terço do tempo de forma igual para todas as legendas e o restante pelo número de deputados federais eleitos em 2006. As coligações também servirão como base para o cálculo de tempo de cada partido.
Os programas dos candidatos a prefeito serão transmitidos às segundas, quartas e sextas-feiras. No rádio, das 7h às 7h30 e das 12h às 12h30; e na televisão, das 13h às 13h30 e das 20h30 às 21h. Já os candidatos a vereador apresentarão suas propostas às terças, quintas e sábados, nos mesmos horários.

11 de Agosto – ELEIÇÕES 2008

agosto 11, 2008

Faltam 56 dias para esclhermos nossos vereadores e prefeito para administrarem nossa cidade. Não esqueça a escolha certa é muito importante, porque são 4 anos e não adianta arrependimento. Candidadto que paga cesta básica, dentaduras, bolas, jogos de camisa, gasolina não é digno de voto. É errado fazer isso. Tenha consciência.

VOTO NÃO TEM PREÇO. VOTO TEM CONSEQUÊNCIA.

Pergunte ao seu candidato quais são as propostas dele.

09 de Julho – FICHAS SUJAS – O RETORNO

julho 9, 2008

Senado adia para agosto votação do projeto que torna inelegíveis candidatos com “ficha suja”

O Senado adiou para depois do recesso parlamentar de julho a votação do projeto que torna inelegíveis candidatos com “ficha suja” na Justiça. Apesar da matéria ter sido aprovada nesta terça-feira pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado, os líderes partidários decidiram adiar a votação do texto no plenário da Casa diante da falta de consenso sobre a matéria.
A Folha Online apurou que parte dos senadores se mostrou contrária ao projeto por discordar da inelegibilidade para candidatos condenados apenas em primeira instância. Os parlamentares temem que candidatos sejam proibidos de disputar as eleições mesmo com o direito de recorrerem, na Justiça, à decisão tomada em primeira instância. “Eu acho perigoso que uma instância só seja suficiente. Precisamos de pelo menos uma decisão em duas instâncias para consolidar a inelegibilidade para não cometermos nenhuma injustiça”, disse o senador Renato Casagrande (PSB-ES).

Diante da falta de consenso entre os líderes partidários, o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), decidiu suspender a votação da matéria –embora seja favorável à votação no plenário nesta semana.
Os líderes também argumentam que o Senado não precisa ter pressa para analisar o texto uma vez que o projeto ainda vai tramitar pela Câmara, o que impede que entre em vigor nas eleições municipais deste ano. “É uma matéria polêmica, é um debate que não acaba nunca. Entra em discussão, demora muito tempo. Mesmo se passar por aqui, não entra na Câmara”, disse o líder do DEM no Senado, José Agripino Maia (RN).
Sem esconder a posição contrária à votação da matéria, a senadora Ideli Salvatti (PT-SC) também defendeu o adiamento da votação. “É um projeto controverso, esbarra na Constituição pois é cláusula pétrea a presunção da inocência. Mesmo se fosse votado hoje, não valeria para essas eleições”, afirmou Ideli.

Mudanças

Atualmente, a lei prevê que um político só pode ficar inelegível se for condenado em última instância –após ter seu processo transitado em julgado. Pela nova regra, o político não pode ser candidato se for condenado a crimes graves em qualquer instância.
O texto aprovado na CCJ estabelece que os candidatos que tiverem cometido crimes eleitorais, corrupção, improbidade administrativa ou aqueles com penas superiores a dez anos de detenção –como homicídios e estupros– ficam proibidos de disputar as eleições por prazos fixados para cada delito.
O projeto prevê, por exemplo, que um candidato condenado por atos de improbidade administrativa deve ficar inelegível por até quatro anos depois de ter seu processo transitado em julgado. O prazo de inelegibilidade para condenados por crimes como gastos ilícito de recursos de campanha é de oito anos a contar a realização da eleição na qual tal conduta tenha sido praticada.

O projeto ainda obriga que governadores, prefeitos e presidente da República, assim como seus respectivos vices, devem deixar os cargos quatro meses antes das eleições se forem candidatos à reeleição. Outra mudança proíbe que parlamentares renunciem aos seus mandatos no Congresso Nacional para escaparem da cassação.
O texto determina que os deputados e senadores cassados por quebra de decoro parlamentar, assim como os que renunciam aos seus mandatos durante o processo no Conselho de Ética, devem ficar inelegíveis por oito anos.